Por que minha empresa está com baixa produtividade? - Poli Júnior

Por que minha empresa está com baixa produtividade?

Por que minha empresa está com baixa produtividade?

O que é a baixa produtividade?

Uma baixa produtividade em uma empresa é vista quando os esforços são sempre muito explorados, enquanto os resultados terminam comumente muito fracos.

O desafio da produtividade é sempre entender o que podemos fazer para ter mais resultados com menos esforços aplicados.

 

Por que estou com uma baixa produtividade?

É muito comum as empresas sentirem que estão com uma baixa produtividade, isso porque a produtividade quase sempre está atrelada a 3 coisas muito importantes em um negócio: 

Vamos entender um pouco mais sobre a ligação de cada um desses pontos com a sua produtividade, continue lendo.

 

Processos

Davenport, em 1998, definiu o processo como uma ordenação específica das atividades de trabalho no tempo e no espaço, com um começo, um fim, entradas e saídas, claramente identificadas. Enfim, uma estrutura para ação.

Porém, se uma empresa não tem processos muito bem definidos, então o trabalho será mais cansativo.

Logo o funcionário irá demorar mais tempo para finalizar a execução de uma tarefa, reduzindo, assim, a produtividade.

 

Pessoas

Ainda, é possível que os funcionários estejam destreinados ou pouco conectados com o trabalho.

Por isso, mesmo tendo os processos feitos e descritos, pode ser que a produtividade da sua empresa esteja baixa.

Pois, seus funcionários não estão conseguindo colocar em prática o que está no papel.

Portanto, ter as pessoas bem alinhadas com os processos e a cultura é muito importante.

 

Cultura

Ter os processos mapeados é necessário, bem como ter as pessoas treinadas corretamente para esses processos. Mas a cola que gruda todo esse conjunto é a cultura.

Imagine que todos os funcionários têm os processos descritos e decorados. Contudo, não existe uma definição que guie todos os comportamentos e objetivos.

Logo, os esforços sempre serão certos, mas muito provavelmente serão na direção errada.

É por causa disso que falamos que identificar, desenhar, executar, documentar, medir, monitorar, controlar e melhorar processos de negócio, é a melhor forma de alcançar resultados consistentes e alinhados com os objetivos estratégicos da organização.

E a cultura é o guia que leva todos a colocar as ações e processos no caminho certo.

 

Como aumentar a produtividade da minha empresa?

Agora que já entendemos o que fragiliza a produtividade da sua organização (processos, pessoas e cultura), precisamos entender o que fazer para trabalhar com esses três pontos.

Abaixo listamos ações práticas que vão te ajudar a aumentar sua produtividade:

 

1. Tenha seus processos bem mapeados

Ter processos desenhados, mapeados e descritos é a melhor forma de guiar sua equipe e realizar o certo e ainda faz o que eliminem atividades desnecessárias. 

Isso ajuda muito na hora de realizar um trabalho, pois, já previamente, informa, detalha e fornece todos os recursos necessários para sua rápida execução.

 

2. Treine, alinhe e ouça seus funcionários

Afinal, são eles que estarão em contato com os clientes e mostrarão a “cara” da empresa para eles. 

Por isso, precisam estar alinhados e felizes com o que fazem. 

E você, deve entender muito bem o que eles querem, qual a sua realidade e como eles trabalham, para poder oferecer o melhor ambiente de trabalho possível.

 

3. Estruture a cultura da empresa com rituais

Todos queremos saber nosso propósito para saber se estamos indo no caminho certo ou não. 

Ainda, vai ficar mais fácil entender quem está contribuindo para o crescimento da sua empresa e quem está o atrasando.

Por isso, durante o dia a dia e a rotina, acabamos esquecendo de ver tudo isso. 

Costumamos “apagar incêndios” constantemente e deixamos de trabalhar para a estruturação e crescimento da nossa empresa.

Portanto, crie rituais que sejam feitos com uma frequência definida, mas que tenham algum sentido simbólico para os liderados.

 

Como colocar tudo isso em prática?

Bom, primeiro, antes de tudo, você tem que avaliar a situação da sua empresa, do seu setor e da sua região. 

É importante entender quais são os padrões sociais já existentes e como todos se adequam a eles.

Para isso pesquise um pouco:

  • Quais são os processos comuns das empresas do meu ramo?
  • Quais são as regulamentações que nos guiam?
  • Como os funcionários das outras empresas se portam?
  • Como os concorrentes solucionam as dores dos clientes deles?
  • Minha região tem que limitações? E que benefícios?

Depois, você precisa focar mais e responder algumas perguntas sobre o seu negócio:

 

Processos

  • Quais são os principais processos da empresa?
  • Tenho meus processos mapeados e descritos?
  • Todos fazem as atividades na forma padrão?

Pessoas

  • Qual é o modelo de funcionário ideal?
  • Meus funcionários são treinados regularmente? Qual a periodicidade?
  • O que motiva meus funcionários? O que desmotiva eles?

Cultura

  • Qual a nossa definição de sucesso?
  • Todo mundo sabe onde a empresa quer chegar?
  • Todo mundo trabalha junto para alcançar nossa definição de sucesso?

 

Uma vez que tiver as respostas para as perguntas acima, poderá entender quais os pontos mais frágeis da sua empresa e descobrir como melhorar a sua baixa produtividade.

 

Conclusão

Manter esses 3 pilares (pessoas, processos e cultura) bem alinhados, ajudará seu negócio a aumentar e manter a produtividade.

Caso tenha dúvida de como implementar essas ações no seu negócio, você pode nos contatar pelo próprio site ou telefone também, sem maiores compromissos.

Solicite já seu projeto e faça um orçamento!

Quer conhecer mais sobre engenharia de produção? Clique aqui e acesse nossos outros posts!

Inscreva-se na nossa Newsletter