fbpx

dezembro 8, 2021

Criação e Gestão de Negócios

5 passos infalíveis para a redução de custos operacionais

redução de custos operacionais
Índice

Toda empresa que deseja crescer e se tornar mais lucrativa precisa pensar em redução de custos operacionais. Mas, apesar de sua grande relevância, essa não é uma tarefa simples e exige boas estratégias.

Aliás, a crise causada pela pandemia de Covid-19 tornou essa atividade ainda mais importante. Diversos gestores precisaram rever seu plano de negócios e investir em ações que tornassem sua operação mais enxuta.

Seja qual for o tamanho do seu negócio, é certo que você precisa cortar custos sem afetar a qualidade do seu produto. Por isso, não deixe de conferir este post até o final!

O que é custo operacional?

estoque

Custo operacional, também chamado de gasto operacional, pode ser definido como a saída de capital dos caixas destinado à manutenção e gestão da empresa. Ou seja, tudo o que ela investe para se manter em funcionamento.

Vale lembrar que essas despesas devem ser quitadas ainda que o negócio não consiga efetuar nenhuma venda no mês. Além disso, cada organização e segmento de mercado tem seus próprios custos operacionais.

Quais são os principais custos operacionais de uma empresa?

Apesar de cada negócio ter demandas e gastos diferentes, existem algumas despesas que se repetem em quase todas eles. Conhecer esses custos operacionais é importante, pois somente assim é possível começar a pensar em como reduzi-los. Confira:

  • insumos, máquinas e equipamentos;
  • treinamento e desligamento de colaboradores;
  • salário dos funcionários e gestores;
  • gastos logísticos, como transporte e armazenamento;
  • serviços contábeis e jurídicos;
  • aluguel;
  • contas de água, luz e internet.

Por que é importante reduzir custos operacionais?

Afinal, por que se dedicar à redução de custos operacionais? A resposta é muito simples e direta: isso ajuda sua empresa a se tornar mais eficiente e lucrativa.

Mas se você ainda acha que essa é uma explicação muito vaga, então talvez seja interessante entender melhor como essa boa prática pode impactar positivamente o seu dia a dia e seus resultados. Acompanhe!

Competitividade no mercado

A primeira consequência da redução de custos é a possibilidade de ajustar o preço do seu produto ou serviço e se tornar mais competitivo no mercado. Sem dúvidas, esse é um diferencial importante para se destacar da concorrência.

Automação de processos

Em geral, o processo de redução de custos operacionais é precedido do mapeamento de processos. Com isso, é muito comum a identificação de tarefas que podem ser automatizadas e, consequentemente, o aumento da produtividade do negócio.

Sobrevivência empresarial

Por fim, sem o controle de custos operacionais é muito difícil manter o funcionamento do negócio no longo prazo. Em momentos de crise, isso é ainda mais relevante e pode ser a diferença entre falir e crescer.

Redução de custos operacionais: como fazer em 5 passos infalíveis?

treinamento

Quando o assunto é redução de custos operacionais, quase todo gestor tem uma ideia. Mas é preciso deixar claro que essa não é uma tarefa simples e exige muita estratégia. Afinal, a qualidade do produto jamais pode ser afetada.

Diante disso, nós reunimos 5 passos que, quando executados de maneira inteligente, são capazes de promover uma redução expressiva das despesas operacionais e ajudar sua empresa a crescer. Descubra agora mesmo!

1. Conheça os custos operacionais

Não há como reduzir um custo que você sequer conhece, certo? Por isso, o primeiro passo para tomar decisões seguras e assertivas é a identificação de todas as suas despesas operacionais.

Na Era dos Dados, toda empresa precisa ter uma gestão pautada em informações reais e confiáveis. Portanto, não corte nenhum custo sem mapear processos e ter consciência da situação da sua empresa.

2. Invista em gestão de custos

O segundo passo para o sucesso desse processo é a gestão de custos. Trata-se de uma prática comum em grandes empresas e se concentra no planejamento, organização e monitoramento de todas as despesas.

Você pode começar de modo simples, criando uma planilha e verificando como os custos oscilam durante os meses. Caso identifique aumentos repentinos, é importante investigar e pensar em formas de reduzi-los.

3. Negocie com seus fornecedores e parceiros

Toda empresa precisa contar com bons fornecedores e parceiros, mas a compra de insumos e equipamentos representa uma grande parcela do orçamento e deve ser feita de forma estratégica.

A dica é manter um bom relacionamento com essas empresas, com um diálogo aberto e saudável. Faça pesquisas de mercado e procure reajustar os preços conforme a realidade, sempre em busca de economia — sem se descuidar da qualidade, é claro.

4. Trabalhe com indicadores de desempenho

Indicadores de desempenho são ferramentas indispensáveis para a redução de custos operacionais. Isso porque, é por meio deles que você consegue monitorar as despesas e identificar onde existe desperdícios e gargalos. 

Então, caso ainda não faça uso desse método de gestão, é válido estudar um pouco mais. Confira alguns exemplos de métricas que simplificam o processo:

  • Retorno Sobre o Investimento (ROI);
  • Margem de Contribuição;
  • Margem Bruta.

5. Atenção ao maquinário da sua empresa

Por fim, é essencial estar atento ao maquinário da empresa. Em primeiro lugar, investir em máquinas de qualidade é um ponto importante para a redução de custos, já que elas são mais eficientes e econômicas.

Além disso, a manutenção preventiva é outra boa prática que ajuda a manter o negócio funcionamento sem surpresas e gastos inesperados. Portanto, é valido escolher bem seus fornecedores e ter um plano de manutenções completo e estratégico.

Reduza custos e melhore a gestão do seu negócio!

Percebeu que reduzir custos faz parte de uma boa gestão empresarial? Se você ainda não se dedica a essa tarefa, é importante mudar e incorporar boas práticas ao seu cotidiano. Acredite: seus concorrentes já estão fazendo isso!Mas, a verdade é que essa não é uma tarefa que se aprende do dia para a noite. É preciso experiência, técnica e visão estratégica para promover a redução de custos operacionais de forma segura e vantajosa. Para isso, você pode contar com a consultoria especializada da Poli Júnior!

Compartilhar

Mais artigos

plugins premium WordPress