Plano de marketing: Como e quando criar

O plano de marketing é uma ferramenta essencial para qualquer empreendimento que tem como objetivo ser bem-sucedido no ramo de atuação que está inserido.

Esta ferramenta é fundamental tanto para negócios que estão começando agora quanto para aquelas empresas que já estão há algum tempo no mercado. 

Mas que, não tem alcançado os resultados esperados.

O plano de marketing faz parte do plano de negócios.

Desta forma, não importa qual seja o nicho do empreendimento, as estratégias, previsões e a gestão envolvida nesse plano farão com que a empresa atinja os objetivos propostos inicialmente.

Saiba mais lendo o artigo a seguir.

 

O que é plano de marketing?

Como parte do plano de negócios, o plano de marketing é um documento, mais especificamente um relatório, que é feito com base em dados colhidos através de uma pesquisa de mercado.

Através dessas informações, o plano de marketing é fundamentado com o objetivo de ajudar a empresa a atingir as metas propostas.

Nesse período de tempo em que o empreendimento precisa atingir as metas estabelecidas, são as estratégias de ação de marketing que serão uma das responsáveis por este feito.

Quando se trata de gestão de negócios, cada setor da empresa tem seu papel para que o negócio funcione.

Sendo assim, quando falamos sobre plano de marketing, nos referimos a gestão estratégica que precisa da colaboração de diversos setores para ser bem-sucedida.

Ao mesmo tempo que este plano pode ser elaborado para um período de meses, também pode ser feito apenas para uma época do ano, como o Natal e a Black Friday, por exemplo.

Nesse sentido, o plano de marketing também pode ser definido como ações e táticas a curto prazo, enquanto o planejamento estratégico é mais amplo, a médio e longo prazo.

É importante basear este plano em pesquisas, estatísticas e dados reais para que este esteja adequado à realidade do negócio e tenha o efeito esperado.

 

Quando criar um plano de marketing?

Um dos principais erros dentro da gestão de negócios é negligenciar algumas partes importantes para o sucesso do empreendimento.

Comumente, uma dessas partes deixadas de lado é o plano de marketing.

Os administradores ou donos de empresas que não entendem a importância das estratégias e ações de marketing, costumam não dispensar a devida atenção, até que precisam desse setor.

É normal que gestores acreditem que ter uma página nas redes sociais e/ou distribuir panfletos já seja suficiente quando se trata de marketing e de como lidar com o público-alvo da empresa.

Apesar de serem estratégias válidas, estas estão longe de ser um plano de marketing eficiente.

Trabalhar em táticas apenas na hora do aperto, não é um bom plano, executar ideias sem saber qual o objetivo, também não.

Por isso, é importante que toda a equipe saiba qual o foco de determinadas ações, entenda em que prazo os resultados são esperados e esteja em sintonia com o gestor.

Desta maneira, podemos dizer que, um plano de marketing deve ser feito quando a empresa não consegue atingir seus objetivos e acima disso, não há clareza de onde está e para onde deve ir.

Assim, é preciso que as ideias sejam claras, assim como as estratégias e a orientação do setor.

Este plano deve ser utilizado e estar à disposição de administradores e líderes, assim como, deve estar ao alcance de todo o time.

Afinal, este é um trabalho de equipe.

Portanto, invista em um plano de marketing, assim que iniciar seu plano de negócios.

Caso não tenha feito isso, faça assim notar que os esforços de sua equipe não estão dando os frutos esperados.

Com um bom plano, todos terão um foco, uma forma de atuar e um objetivo a atingir.

 

Como criar um plano de marketing?

markt estrategia

  • Saiba tudo sobre o seu negócio: ainda que estejamos falando sobre marketing, entender seu empreendimento e o nicho ao qual está inserido, começa com um plano de negócios.

Isso porque, durante as etapas de criação deste plano, será possível perceber o que sua empresa tem a oferecer, para quem, quais são os diferenciais, concorrência etc.

Estas informações são de extrema importância não só para a gestão de negócios, como também para a elaboração de um plano de marketing assertivo e definição do posicionamento da sua marca.

 

  • Defina o público-alvo: para criar ações e estratégias de marketing, é preciso direcioná-las.

Para isso, é necessário saber para quem realizar este trabalho.

Com uma pesquisa de mercado, será possível saber o gênero, faixa etária, classe social, dores e demais informações que serão úteis para conhecer seu público-alvo e criar sua persona.

Somente com esta etapa bem definida será possível pensar no que atrai este público, qual seu comportamento durante as compras, como buscam serviços, com que frequência, etc.

 

  • Tenha objetivos definidos: nesta etapa, é preciso entender onde seu empreendimento está, para onde deseja ir e qual o tempo para que isso aconteça.

Por isso, é importante que seu plano de negócios tenha sido feito com base em dados reais, desta forma, suas expectativas e planos terão um foco realista.

Na gestão de negócios é importante ter os pés no chão, ter metas e foco no crescimento.

No entanto, não fugirá da realidade, pois, somente assim, as ações terão efeito.

Além disso, é imprescindível que seus colaboradores tenham meios para alcançar os objetivos estipulados no tempo determinado.

 

  • Trace planos e tenha metas: se o plano de marketing é um relatório detalhado com o passo a passo para chegar em um determinado lugar, chegou a hora de dividir este plano em etapas e definir quais ações serão realizadas em cada uma delas.

Com as táticas definidas e os resultados esperados estipulados, é hora de se organizar e trabalhar para atingir os objetivos.

 

  • Tenha um cronograma: com as estratégias e prazos definidos, é essencial saber quando começar a colocar em prática as ações.

Ter um calendário de trabalho é essencial para acompanhar o passo a passo da execução das tarefas e dos resultados atingidos.

Nessa etapa do plano de negócios, ter ferramentas e softwares que auxiliem na organização de relatórios é fundamental para revisar as ações, entender onde melhorar e perceber o que funcionou como esperado.

 

  • Revise e refaça: como dito acima, para que a gestão de negócios funcione, é preciso ter todos os passos anotados em uma plataforma de fácil acesso.

Desta forma, é possível revisar as ações, visualizar resultados e refazer estratégias sempre que necessário.

No decorrer da análise de ações já realizadas, é possível ver onde sua empresa errou e acertou.

Mas acima disso, é possível recomeçar, mudar e aprimorar o que já foi realizado.

Quando se trata de plano de marketing, o trabalho deve ser constante.

Afinal, cada ação tem um foco e um resultado diferente e sua empresa realizará várias ao longo do ano.

Ter onde encontrar os dados para refazer os planos é essencial.

 

Poli Júnior: fazendo planos e construindo metas

Como vimos, o plano de marketing não é algo que surge do nada.

Como o nome já diz, é um plano e este faz parte da estruturação de um empreendimento saudável.

Se sua empresa precisa de um plano de marketing para começar os trabalhos ou para recalcular o que já foi feito, na Poli Júnior fazemos todo esse trabalho. Atuamos com pesquisa de mercado, fazemos plano de marketing, plano de negócios e muitas outras atividades essenciais para o sucesso do seu empreendimento.

Nosso time de especialistas te ajuda a tirar suas ideias do papel e utiliza recursos para facilitar a rotina de trabalho da sua equipe.

Venha conhecer nosso trabalho, entre em contato com a gente.

Compartilhe esse post