fbpx

Ultima Atualização: abril 30, 2024

Arquitetura e Civil

Projeto Elétrico: Guia para aprender o que é e como fazer?

Descubra como criar um projeto elétrico com nosso guia detalhado. Aprenda sobre a importância, normas, dimensionamento e simbologia para realizar um projeto de qualidade.
Projeto Elétrico para a empresas promissoras
Índice
Banner publicitário de serviços de reforma residencial. Texto em português convida o usuário a clicar em um botão para entrar em contato com especialistas em consultoria. O botão diz “Entrar em contato agora”. É mostrada uma ilustração de uma casa com uma lupa.

O que é Projeto Elétrico?

O projeto elétrico é um dos projetos essenciais na construção civil. Ele é um documento fundamental que detalha todos os padrões de segurança, cálculos, gráficos, desenhos elétricos e representações que farão parte das instalações elétricas de uma determinada obra. Este projeto é crucial para garantir a segurança dos futuros residentes, evitando sobrecarga no sistema, choques e até incêndios. Além disso, é obrigatório tanto para obras residenciais quanto industriais, sendo regulamentado por normas técnicas, como a NR-10 do Governo Federal.

Ele também oferece vantagens, como a otimização dos materiais, o que pode gerar economia na construção, além de garantir que a carga de energia seja adequadamente dimensionada segundo as necessidades do cliente.

Projeto elétrico 3d

Tipos de Projeto Elétrico

Projetos Residenciais

Os projetos elétricos residenciais são elaborados com foco específico em residências e condomínios. O principal objetivo é assegurar a correta distribuição de pontos elétricos em toda a habitação, garantindo conformidade com a norma NBR 5410. Tais projetos consideram as necessidades específicas dos moradores, como a localização e quantidade de tomadas, a instalação adequada de chuveiros elétricos, ar-condicionados e outros equipamentos elétricos em diversos cômodos, visando a funcionalidade e o conforto dos habitantes.

Projetos Comerciais

Projetos elétricos comerciais são desenvolvidos para atender às necessidades de grandes edifícios comerciais, onde a demanda por energia é significativa e diversificada. A segurança e a conformidade com normas relevantes são cruciais para proteger os investimentos e as operações do negócio. Esses projetos abordam aspectos como a distribuição de energia para diferentes áreas e andares, garantindo uma infraestrutura elétrica robusta e segura para todos os usuários e funcionários do edifício.

Projetos Industriais

Na esfera industrial, os projetos elétricos são customizados conforme o tipo de indústria e as máquinas operadas. Esses projetos precisam cumprir com normas específicas como a NBR 14039 para instalações de média tensão e a NR-10 para segurança em instalações e serviços em eletricidade.

Projetos Especiais

Existem também projetos elétricos especiais, que incluem:

  • SPDA (Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas): Estes projetos envolvem instalar sistemas como para-raios e condutores de descida para proteger as estruturas das correntes elétricas geradas por descargas atmosféricas.
  • Projeto Luminotécnico e de Emergência: Focam na otimização dos sistemas de iluminação para uso regular e emergencial.

Normas Técnicas

As normas técnicas são os faróis que guiam a segurança e a eficiência nos projetos elétricos. Elas são essenciais para assegurar que as instalações atendam a padrões de qualidade e prevenção de acidentes. Aqui estão algumas que são mandatórias:

  • NBR 5410: Estabelece condições para instalações de baixa tensão
  • NBR 14039: Regulamenta as instalações elétricas de média tensão.
  • NR-10: Segurança em instalações e serviços em eletricidade, é a norma regulamentadora que zela pela segurança dos profissionais da área.

Estas normas devem ser a bíblia de qualquer profissional da área elétrica, assegurando que o trabalho seja realizado nas melhores práticas e com respeito às regulamentações vigentes.

A Importância de um bom Projeto Elétrico

O projeto elétrico desempenha um papel fundamental em qualquer empreendimento, desde residências até grandes complexos industriais. É essencial para garantir a segurança, eficiência e sustentabilidade das instalações elétricas. Aqui estão alguns pontos que destacam a importância do projeto elétrico:

Segurança

Um projeto elétrico bem elaborado considera cuidadosamente a capacidade de carga, a proteção contra curto-circuitos e aterramento adequado, minimizando assim os riscos de incêndios, choques elétricos e outros acidentes.

Eficiência Energética

 Ao projetar sistemas elétricos, é possível otimizar o uso de energia, reduzindo assim os custos operacionais e o impacto ambiental. Isso inclui a escolha de equipamentos eficientes, a minimização de perdas de energia e a implementação de tecnologias de automação.

Conformidade com Normas

Um bom projeto assegura que as instalações estejam conforme as normas e regulamentos técnicos, evitando problemas legais e garantindo a aprovação dos órgãos reguladores.

Confiabilidade

Instalações elétricas bem projetadas são mais confiáveis e têm menor probabilidade de falhas, garantindo assim a continuidade das operações e a satisfação dos usuários.

Facilidade de Manutenção

Um projeto bem pensado facilita as atividades de manutenção, inspeção e reparo, contribuindo para a durabilidade e vida útil dos componentes elétricos.

Como fazer um Projeto Elétrico?

Análise da Projeto Arquitetônico e seus Cômodos

O primeiro passo no desenvolvimento de um projeto elétrico é a análise detalhada da planta baixa. Isso envolve medir o perímetro e calcular a área de cada cômodo, elementos cruciais para determinar a distribuição e quantidade de pontos de iluminação e tomadas​​.

Determinação das potências e quantidade

Iluminação

Para iluminação, a regra é clara: cada cômodo deve ter uma carga mínima de iluminação calculada com base em sua área.

  • Para espaços com até 6m², é essencial prever uma carga mínima de 100VA.
  • Em áreas que excedem 6m², deve-se adicionar 60VA para cada 4m² adicional.

Tomadas de Uso Geral (TUGs)

As TUGs são tomadas destinadas a uma variedade de dispositivos de uso rotineiro, e sua distribuição é pensada para oferecer flexibilidade e acessibilidade.

  • Em ambientes como salas, quartos e corredores, deve-se instalar uma TUG a cada 5 metros de perímetro, com uma potência estimada de 100VA para cada uma, considerando um fator de potência de 0,8. 
  • Para cômodos como cozinhas, copas e banheiros, a norma pede uma TUG a cada 3,5 metros do perímetro. As três primeiras tomadas devem ter uma capacidade de 600VA cada, e as subsequentes 100VA.
  • Se a área do cômodo for menor que 6m², é necessário prever pelo menos um ponto de tomada, garantindo funcionalidade mesmo em espaços compactos.
Planta de planta baixa mostrando a disposição da sala com dimensões e anotações em português, incluindo detalhamento do projeto elétrico. O texto que acompanha fornece cálculos de área e perímetro.

Tomadas de Uso Geral (TUGs)

As TUEs são projetadas para aparelhos específicos e de maior consumo, como eletrodomésticos de grande porte.

Cálculo da Potência Total

O cálculo da potência total é uma etapa crítica que inicia com a agregação de todas as cargas de iluminação, tomadas de uso geral e específico. Este total é ajustado pelo fator de potência, para chegar na potência total ativa.

Divisão da Instalação elétrica em Circuitos elétricos

Em qualquer projeto elétrico residencial, a divisão criteriosa dos circuitos é uma etapa fundamental, garantindo não apenas a segurança, mas também a eficiência da instalação.

A norma NBR 5410 orienta que a residência deve ter circuitos específicos para iluminação, tomadas de uso geral (TUGs) e tomadas de uso específico (TUEs), com a recomendação de que cada circuito não exceda 10 amperes. Isso implica que, em tensão de 127V, um circuito deve ter no máximo 1270 VA e em 220V, o limite é de 2200 VA por circuito.

É essencial considerar individualmente as necessidades de cada espaço da casa, como cozinhas e lavanderias, que podem requerer circuitos com potências mais elevadas devido ao uso de múltiplos aparelhos. A distribuição inteligente dos circuitos no quadro de distribuição centraliza a gestão do sistema elétrico, promovendo uma instalação organizada e de fácil acesso para futuros reparos ou atualizações.

Dimensionamento da Seção dos Condutores

Para dimensionar adequadamente a seção dos condutores, deve-se levar em conta a corrente nominal que passará por eles, possibilidade de agrupamento de cabos é o método de instalação. A seção do condutor determinará a capacidade de condução da corrente sem sobreaquecer e sem provocar quedas de tensão acima dos limites aceitáveis.

As tabelas da NBR 5410 e as recomendações do fabricante são usadas para determinar a seção transversal do condutor (em mm²), baseando-se na máxima corrente esperada. 

Localização do Quadro de Distribuição de Circuitos (QDC)

A escolha da localização do QDC é um passo estratégico e deve considerar vários fatores para otimizar a eficiência e a segurança da instalação. O QDC deve ser facilmente acessível para manutenção, mas colocado de forma a minimizar os comprimentos de cabo, o que reduz custos e queda de tensão. Deve-se evitar locais sujeitos a condições ambientais extremas ou onde haja risco de danos físicos aos componentes.

Eletricista de capacete usando multímetro para verificar tensão em painel elétrico durante instalação ou manutenção de projeto elétrico.

Dispositivos de Proteção

Os dispositivos de proteção em um projeto elétrico são cruciais para a segurança da instalação. São compostos por disjuntores, que protegem contra sobrecargas e curtos-circuitos, e dispositivos DR (Diferenciais Residuais), que evitam choques elétricos. 

Cada circuito deve ter um dispositivo de proteção dimensionado corretamente para a corrente que irá suportar.

Representação do Projeto

Na elaboração de um projeto elétrico, a representação gráfica é uma etapa que não pode ser negligenciada. Antes de mergulhar nos detalhes específicos, é importante entender a finalidade da representação do projeto, a qual é a de criar uma imagem clara e precisa das instalações elétricas planejadas.

Um diagrama complexo de projeto elétrico com vários nós e conectores, acompanhado por vários painéis laterais detalhados mostrando informações e gráficos adicionais.

Diagrama Unifilar

O diagrama unifilar é um desenho técnico essencial para representar o circuito elétrico. Ele mapeia de maneira simplificada todos os elementos do circuito elétrico sobre uma planta baixa, indicando a localização de pontos de energia, o trajeto dos eletrodutos e condutores, além da posição dos quadros de distribuição.

Utilizando softwares especializados, o diagrama unifilar se torna uma ferramenta valiosa para planejar e executar projetos elétricos residenciais de forma clara e eficiente, seguindo as normas técnicas da ABNT e simbologias corretas.

Simbologia Elétrica

A simbologia elétrica em projetos de instalações residenciais é uma ferramenta gráfica essencial para representar componentes elétricos de maneira padronizada e compreensível, por meio de símbolos.

Os símbolos são baseados em formas geométricas simplificadas, cada uma representando diferentes elementos como eletrodutos, interruptores, tomadas e pontos de luz.

Imagem mostrando a tabela 2 de um documento de projeto elétrico, intitulado "símbolos e distribuição", listando vários símbolos elétricos e suas descrições em português.

Materiais e Orçamentos

Finalmente, a lista de materiais deve ser preparada com precisão para evitar desperdícios e garantir que todos os componentes necessários estejam disponíveis. O orçamento deve ser detalhado, incluindo custos de materiais e mão de obra​​.

Faça um projeto seguro e eficiente!

É indispensável realizar um projeto elétrico eficiente e seguro. Está preparado para levar seu projeto para o próximo nível? Clique aqui para falar com os especialistas da Poli Junior, que estão prontos para garantir que seu projeto atenda a todas as expectativas e regulamentações.

Banner divulgando a Carta de Serviços do NCiv com imagem de documento intitulado “Núcleo de Engenharia Civil e Arquitetura”. Inclui um botão que diz "Baixe GRÁTIS" em um fundo amarelo e laranja.

Compartilhar

Mais artigos

Uma pessoa está trabalhando em uma mesa com vários monitores de computador exibindo código Python.
Inteligência e Análise Dados

Python: O que é e onde é usado?

Conheça mais sobre o Python, que uma é linguagem de programação versátil, possibilitando a atuação desde o desenvolvimento web até a ciência de dados

Leia mais