Conheça 9 tipos de engrenagens e suas aplicações

internúcleos poli Júnior

As engrenagens são estruturas que funcionam como elementos de transmissão mecânica, geralmente metálicas, que compõem máquinas e as auxiliam em seus respectivos funcionamentos.

Como existem os mais diversos tipos e tamanhos de máquinas, com as mais diversas funções, é de fundamental importância conhecer sobre os tipos de engrenagens e saber qual é a mais adequada para cada tipo de equipamento.

Em suma, as engrenagens têm como principal função transmitir uma determinada potência, que está recebendo para outra engrenagem, impulsionando assim um movimento.

Visando facilitar a escolha da engrenagem mais adequada às suas necessidades, a Poli Júnior elaborou esse material sobre alguns dos diferentes tipos disponíveis no mercado atualmente.

Principais tipos de engrenagens

#01. Cilíndrica de dentes retos

Esse é o tipo de engrenagem mais tradicional de engrenagem, bastante utilizado em indústrias e empresas, principalmente em motores.

As mesmas são essenciais para aqueles equipamentos que precisam manter a velocidade e a rotação numa determinada constância e são usadas em transmissões entre eixos paralelos, principalmente nas transmissões de baixa rotação já que tendem a produzir bastante ruído quando utilizadas em transmissões de velocidade muito alta.

Para que essas engrenagens funcionem corretamente, é necessário haver um encaixe perfeito entre os pares, caso contrário podem acontecer problemas como desgaste e desencaixe de peças.

#02. Cilíndrica de dentes helicoidais

Também conhecidas como cilíndricas de dentes inclinados, as engrenagens cilíndricas de dentes helicoidais possuem dentes não alinhados e não paralelos ao eixo.

Assim como as de dentes retos, elas são usadas nas transmissões entre eixos paralelos, mas em velocidades mais elevadas.

Os dentes desse tipo de engrenagem são inclinados em um ângulo entre o eixo e o segmento dos dentes.

Como os dentes se engatam pouco a pouco, o impacto causado é menor e, consequentemente, a quantidade de ruído produzido também será menor, tornando-as uma opção mais silenciosa quando comparadas às engrenagens cilíndricas de dentes retos.

Elas também podem sustentar mais carga e são mais comumente utilizadas nas indústrias automobilísticas, em caixas de marchas, na indústria siderúrgica, na indústria ferroviária e na indústria alimentícia.

#03. Cônica de dentes retos

As engrenagens cônicas, por serem mais inclinadas, estão mais propícias a emperrar ou desencaixar caso esses encaixes não sejam feitos de forma cautelosa.

As engrenagens cônicas de dentes retos costumam ser utilizadas para transmissão entre eixos ortogonais ou concorrentes com diferentes ângulos entre eles.

Usadas quando é necessária uma mudança de direção do movimento do giro e preferencialmente em baixas velocidades, já que os dentes retos tendem a produzir mais ruído.

#04. Cônica de dentes helicoidais

Também são usadas quando há necessidade de mudança na direção do movimento giratório, independente de haver ou não redução da velocidade.

Além disso, possui um engrenamento mais silencioso e uma maior transferência de torque em relação às engrenagens cônicas de dentes retos.

#05. Cônica de dentes hipóides

A principal vantagem desse tipo de engrenagem é que seus eixos são descentralizados, permitindo uma margem de translação do eixo da engrenagem secundária, que pode ser usado em espaços limitados por ser mais compacto.

Fora isso, elas possuem dentes longos, aumentando a cobertura da dentada portanto, conseguem transmitir mais torque.

Uma desvantagem é que isso acaba gerando uma maior quantidade de calor e requer o uso de óleos lubrificantes específicos (de alta viscosidade), que devem ser aplicados periodicamente.

Ou seja, é um tipo de engrenagem que precisa de uma atenção maior quando se trata de manutenção e afins.
Elas também aguentam cargas maiores, mas são usadas para velocidades baixas.

#06. Cônica de dentes em espiral

Possuem os dentes curvos e inclinados, funciona bem com cargas muito elevadas, opera silenciosamente e otimiza a transmissão de potência, possuindo maior eficiência quando comparada às não-cônicas.

A principal vantagem dela é poder funcionar com um maior número de rotações por minuto (rpm), fazendo com que ela seja usada com mais frequência em atividades cujo objetivo é alcançar maiores velocidades.

Graças aos seus dentes fixos em um ângulo, a pressão é mais distribuída e a interação entre as peças ocorre de maneira mais suave.

Como desvantagem apresenta o fato de ter um alto custo de fabricação.

#07. Cremalheira

A cremalheira é o trilho no qual as engrenagens cilíndricas ou helicoidais são acopladas.

Como são duas formas geométricas diferentes permitem transformar o movimento circular em longitudinal e/ou vice-versa.

Elas são comumente encontradas em direção de automóveis, elevadores de obras e portões de correr automáticos.

#08. Planetárias

Esse tipo de engrenagem é na verdade formada por 4 engrenagens, conhecidas como engrenagem solar (que fica na parte externa do dispositivo) e mais três engrenagens satélites (que giram em torno da solar).

Além disso, também há a engrenagem anelas, que fica presa ao eixo do suporte.

Esse tipo de engrenagem consegue captar a velocidade alta de rotação produzida por um motor e transformá-la em orque, o qual é transmitido para as engrenagens ao redor ou engrenagens satélites, trazendo maior potência ao sistema.

As engrenagens planetárias possuem ainda a vantagem de ser mais compacta e mais leve, ideal para quem quer alcançar bons índices de redução.

#09. Parafuso sem-fim

Esse tipo de engrenagem é utilizada quando o objetivo é transmitir uma força reduzida para a segunda engrenagem.

Por esse motivo e por possuir um baixo custo de fabricação, eles são muito utilizados em redutores de velocidades.

E como desvantagem está o fato de que o rendimento é mais baixo quando comparado aos outros tipos de engrenagens.

Conclusão

Esses dispositivos mecânicos, importantíssimo para o meio industrial, possuem diferentes características e aplicações.

Além disso, há uma vasta variedade de produtos no mercado e os preços dos mesmos também podem variar de acordo com seus tamanhos e modelos.

Portanto, antes de qualquer coisa, recomendamos uma breve pesquisa para descobrir os melhores custo-benefícios para o seu negócio.

Antes de executar qualquer projeto, é muito importante estar atento desde cedo aos detalhes do projeto, para que não haja desperdício e que tudo ocorra bem.

Por fim, esperamos que esse artigo tenha sido útil e, caso ainda tenha restado alguma dúvida sobre o assunto, entra em contato conosco!

Ficaremos felizes em poder ajudar!

Compartilhe esse post
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Posts relacionados