Estudo de componentes: por que ele é tão essencial para a idealização de um projeto?

Os estudos preliminares são fundamentais para a idealização de um projeto construtivo em diversas áreas de atuação, sejam elas civis, mecânicas ou elétricas. 

Dentre os estudos preliminares fundamentais para projetos construtivos, podemos citar o Estudo de Componentes, essencial para adequações e viabilização de projetos mecânicos. 

Mas afinal, o que é o Estudo de Componentes? É o que explicaremos a seguir para melhor compreensão do tema. 

O que é Estudo de Componentes? 

O Estudo de Componentes corresponde a uma análise detalhada de todos os componentes de um projeto e suas respectivas características, viabilizando a execução do mesmo e possíveis melhorias e/ou necessidades de adequações. 

Realizado comumente em construções mecânicas, o estudo de componentes é elaborado posteriormente a idealização de um projeto e anteriormente a sua execução, sendo um meio de desenvolvimento e aprimoramento de extrema importância. 

Além disso, define as peças a serem utilizadas e as suas respectivas demandas, a partir de um embasamento teórico para justificar a escolha e utilidade de cada uma delas. 

Quais os componentes analisados no Estudo? 

Como dito anteriormente, o estudo de componentes é realizado de forma frequente na área mecânica, com o objetivo de aprimorar e viabilizar ideias. 

Dessa forma, os componentes analisados possuem características específicas e regulamentadas pela ABNT. 

Dentre todos os componentes analisados pelo Estudo, podemos citar como principais: 

  • Elementos de fixação (temporários e permanentes) 
  • Elementos de apoio 
  • Elementos de transmissão de movimento 

Tais elementos são imprescindíveis para o projeto de qualquer maquinário mecânico, e devem ter suas propriedades e características analisadas a fundo. 

Por que o Estudo de Componentes é tão essencial para a idealização de um projeto? 

Agora que você já sabe o que é o Estudo e quais Componentes são analisados por ele, partiremos para o ponto principal do nosso artigo: A sua fundamentalidade. 

  1. Normas ABNT 

A Associação Brasileira de Normas Técnicas regulamenta a execução correta de diversas atividades, inclusive as mecânicas. 

Sendo assim, com o Estudo essas exigências não são diferentes, e os componentes apresentados devem estar nas normas determinadas pela ABNT, com o objetivo de padronizar o modelo de Estudo. 

Dessa forma, o antecedente de projeto adéqua as peças às normas e padrões estabelecidos, tornando todo o processo regulamentado e padronizado. 

  1. Análise de Viabilidade 

Com o estudo de componentes é possível analisar a viabilidade de uma ideia, a partir da funcionalidade gerada pelas peças definidas. 

Dessa forma, é possível perceber se vale a pena ou não investir em determinado maquinário, avaliando previamente a sua possibilidade executiva e sua qualidade de trabalho. 

  1. Melhorias e adequações 

Não só para ideias inovadoras o Estudo é feito, projetos já existentes e em execução também podem ser melhorados a partir dele. 

Dessa forma, é possível tornar maquinários ainda mais ágeis e funcionais, além de melhorar desempenho de performances e problemas operacionais. 

Assim, torna-se possível atualizar e melhorar a qualidade de funcionamento dos maquinários, tornando-os sempre versões melhores deles mesmos. 

  1. Segurança 

Como você já deve saber, a segurança é um fator de extrema importância para a execução de qualquer projeto.  

Com o estudo de componentes e a consequente viabilização de execução, é possível prever possíveis riscos e criar um preparo adequado para eles, além de estratégias para evitá-los ao máximo. 

Assim, a segurança é aumentada significativamente e as chances de acidentes e intercorrências de execução diminuem. 

  1. Redução de custos e orçamento 

Com o estudo preliminar de componentes, os custos são reduzidos em decorrência da quantificação dos mesmos e a necessidade de justificar o seu uso, evitando assim desperdício de peças que demandam maior custo de compra e operação, diminuindo significativamente gastos desnecessários. 

Além disso, o orçamento total também é feito, e a partir dele é possível analisar a viabilidade financeira de execução. 

  1. Aumento de durabilidade e resistência 

A partir da análise detalhada dos componentes é possível tornar a durabilidade e resistência do maquinário projetado ainda maior, pois todo o Estudo será baseado nas melhores opções e soluções para as demandas existentes. 

Dessa forma, as chances de desgastes rápidos, destrutivos e irreversíveis são diminuídas significativamente. 

  1. Eficiência e assertividade 

Qualquer projeto com estudo preliminar torna-se mais efetivo e assertivo, pois garante uma execução adequada e eficiente graças ao detalhamento realizado previamente.   

  1. Aumento de satisfação 

Com o aumento da eficiência e assertividade, há consequentemente o aumento de satisfação com o produto final. 

A satisfação gerada é correspondida positivamente pelo público, que reconhece a competência por parte de quem a executa e passa a ter altos níveis de confiança em relação ao projeto desenvolvido. 

  1. Redução de riscos operacionais 

Com o embasamento teórico, a regulamentação adequada de normas ABNT, a previsibilidade de viabilidade e o aumento da segurança, os riscos operacionais são reduzidos de forma significativa, tornando-se quase nulos em alguns casos. 

Dessa forma, diversas preocupações e possíveis prejuízos são evitados, como: fraturas por cargas, que em aviões podem causar tragédias irreversíveis, como a perda massiva de vidas. 

  1. Maior autoridade de projeto 

O estudo confere maior autoridade ao projeto, tornando-o completo, detalhado e comercializável. 

  1. Cálculos e dimensionamentos 

No Estudo também são realizados cálculos estruturais e dimensionamentos de peças, a fim de estabelecer a capacidade de sustentação e criar desenhos técnicos e modelos 3D para representar graficamente o processo a ser executado.

Dessa forma, é possível ter uma prévia do produto final e adequá-lo de acordo com as necessidades existentes. 

  1. Manuais e Diagrama Explodido 

Como trata-se da idealização de um produto provavelmente comercializado, há a necessidade de instruir os compradores e usuários acerca das suas funcionalidades e processos de montagem. 

Por isso, o estudo elabora manuais de montagem e fabricação, além do diagrama explodido que irá representar todo o processo lógico de montagem a partir de uma disposição espacial. 

Conclusão 

Por fim, a partir dos tópicos apresentados acima fica fácil reconhecer toda a importância de contar com um Estudo de Componentes para a viabilização de um projeto. 

Por isso, é importante não renunciar a um investimento tão necessário e efetivo como esse. 

Para realizar o seu estudo de forma funcional e competente, conte com a Poli Júnior. 

Temos um alto nível qualitativo, dez anos de experiência e consultores disponíveis para conversar sobre as suas ideias e necessidades. 

Para nos contatar, basta clicar aqui. 

prototipagem 1
Compartilhe esse post
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Posts relacionados