Conheça os custos para criar um aplicativo + benefícios que ele pode proporcionar!

O uso amplo e constante de tecnologias em âmbitos físicos e sociais já é uma realidade presente em nossa sociedade há algum tempo. 

Dessa forma, surge cada vez mais a necessidade de tornar o uso de eletrônicos parte fundamental de diversos processos, os quais são facilitados e viabilizados pelas inovações tecnológicas. 

Os aplicativos, por exemplo, são grandes representantes do uso amplo e constante de aparelhos eletrônicos para a facilitação e viabilização de processos, sejam eles empresariais, comerciais ou interativos. 

Por isso, muitas empresas almejam o desenvolvimento de um aplicativo próprio para atender as necessidades existentes, automatizar e facilitar processos. 

Além disso, os aplicativos também melhoram significativamente a relação entre empresa e consumidor, a partir do contato mais intimista e acessível. 

Entretanto, mesmo com o desejo existente e a necessidade de se equiparar tecnologicamente, muitos proprietários não realizam o investimento por falta de conhecimento perante os custos envolvidos. 

Por isso, preparamos um artigo para evidenciar, detalhar e definir tais custos, além de te mostrar as vantagens de investir na criação de um software exclusivo. 

Quanto custa criar um aplicativo? 

Essa pergunta é bem ampla, e não pode ser respondida de forma definitiva sem analisar previamente todos os fatores envolvidos, bem como as características principais do software, seu porte, suas funções, etc. 

O custo final irá depender de todas essas características e varia bastante de acordo com os objetivos previamente definidos. 

Porém, é possível definir uma média de R$40.000 a R$80.000 para aplicativos simples, enquanto para a criação de softwares mais complexos esse valor costuma ser de no mínimo R$100.000. 

Inegavelmente é um investimento alto, mas muito benefício para quem o faz. 

Para evidenciar tais benefícios e a valia do investimento, preparamos uma lista com as principais vantagens de custear a criação de um aplicativo. 

Benefícios de investir na criação de um aplicativo 

  • Comunicação direta e facilitada com o consumidor 

Como dito anteriormente, os aplicativos conseguem melhorar a relação entre empresa/consumidor, a partir da facilitação comunicativa gerada. 

Isso acontece pois o app serve como um canal direto de comunicação, tornando-a acessível e eficiente.

  • Análise baseada em relatórios e dashboard 

Analisar o desempenho do seu negócio é fundamental para rever as estratégias utilizadas e a sucessão das mesmas. 

A partir dos aplicativos é possível ter relatórios diários de desempenho, gerados automaticamente pelo software. 

Dessa forma, é possível analisar o crescimento e a progressão de determinados fatores do seu negócio a partir do aplicativo criado. 

  • Aumento de visibilidade 

A visibilidade também aumenta significativamente, tendo em vista o destaque criado pela inserção da empresa no ambiente virtual e tecnológico. 

  • Ganho de valor e público 

A partir da visibilidade descrita no tópico acima, o valor da empresa também cresce e o público alcançado aumenta significativamente. 

Assim, é possível conquistar ainda mais clientes, além de fidelizar e manter os já existentes. 

  • Possibilidade de vendas e negociações 

Os softwares também abrem um leque de possibilidades em relação a vendas e negociações, que podem ser feitas totalmente on-line e geram agilidade e comodidade no processo.

  • Automatização de processos

Com as funções definidas e a depender de quais elas forem, é possível automatizar diversos processos que serão executados pelos aplicativos, gerando agilidade e diminuindo a carga de trabalho dos funcionários. 

  • Vantagem competitiva 

Com a criação de um aplicativo exclusivo, há diferenciação e uma vantagem competitiva significativa perante as demais empresas de um mesmo ramo, as quais não tenham tal inovação.

  • Aumento de satisfação 

A partir de todos os benefícios e facilidades existentes, há aumento de satisfação tanto por parte do público quanto por parte dos colaboradores. 

  • Conhecimento do público 

Por último mas não menos importante, também é possível conhecer o público e desenvolver estratégias de marketing direcionadas e específicas para o mesmo. 

Tendo em vista todos os benefícios listados acima, fica fácil perceber quão vantajoso é investir na criação de um software próprio. 

Mas por que o investimento é tão alto? Quais os custos envolvidos no processo de criação de um aplicativo? É isso que evidenciaremos a seguir. 

Quais os fatores que influenciam diretamente no custo de um aplicativo? 

Desenvolver um software não é uma tarefa fácil. Envolve meses de programação, planejamento, idealização, etc. 

Para isso, faz-se necessária a atuação de diversos profissionais especializados. 

Entretanto, além dos custos fixos já existentes, alguns fatores podem alterar significativamente o custo de um aplicativo, tornando-o mais caro ou mais barato. 

Dentre todos os fatores capazes de alterar o preço final de criação de um aplicativo, definindo o seu custo, podemos citar como principais: 

  1. Tipo de software 

Existem dois tipos de softwares existentes: híbridos e nativos. 

Os aplicativos híbridos são desenvolvidos de forma simples, com um único código que pode ser utilizado nos principais sistemas operacionais existentes (iOS e Android). 

Por isso, costumam ser mais baratos e apresentam maiores limitações de execução, mas ainda apresentam bons índices de desempenho. 

Já os aplicativos nativos são feitos individualmente para os sistemas operacionais em que irão ser executados. 

Assim, são mais complexos e específicos, apresentando melhor desempenho e uso de funções do próprio aparelho. Por isso, apresentam maior custo de criação. 

  1. Sistema operacional 

Os sistemas operacionais a serem alcançados pelo seu aplicativo também custeiam bastante o desenvolvimento do mesmo. 

Quanto mais sistemas operacionais forem compatíveis com o seu software, mais caro ele será. 

Dessa forma, é válido fazer uma pesquisa geral de público e definir quais os sistemas operacionais mais utilizados por ele. 

  1. Complexidade do design 

O design é fundamental não só para a identidade visual do seu negócio, mas também para a atratividade e a navegação de interfaces, tópicos e subtópicos. 

Assim sendo, quanto mais complexo for o design do aplicativo, mais caro ele será. Por isso, é fundamental achar um meio-termo entre funcionalidade e complexidade de design. 

  1. Ações executadas 

Quanto mais ações o seu aplicativo executar, mais necessidade de programação irá gerar e consequentemente mais custos. 

É importante investir nesse tópico pois a complexidade de funcionalidades gera um aplicativo mais completo e funcional, possibilitando e facilitando ainda mais processos.  

Conclusão 

Após a leitura do artigo, esperamos que as suas dúvidas tenham sido esclarecidas de uma vez por todas. 

Ademais, se deseja criar um aplicativo exclusivo para o seu negócio e aproveitar todos os benefícios existentes, conte com um serviço de tecnologia e inovação como o nosso. 

A Poli Júnior possui uma equipe de especialistas em desenvolvimento de softwares mobiles, capazes de atender as necessidades da sua empresa de forma efetiva. 
Para contatar um de nossos profissionais e agendar uma avaliação, clique aqui.

Compartilhe esse post
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Posts relacionados