Automação residencial: o que é, como fazer e quais as vantagens?

A cada dia a tecnologia vem tomando espaço no nosso cotidiano, se fazendo presente nas indústrias, nos estabelecimentos e nos nossos lares não poderia ser diferente.

As casas inteligentes já são uma realidade e a tendência é que boa parte dos indivíduos adotem esse estilo de vida, agregando mais comodidade às suas rotinas diárias.

Pensando nisso, criamos esse conteúdo com algumas informações a respeito do assunto.

Então, continue lendo.

Banners do Rock Convert copiar min 1

O que é automação residencial?

A automação residencial consiste basicamente em criar, programar e agendar mecanismos para o funcionamento automático de determinados equipamentos em uma casa.

Por meio de sistemas inteligentes e/ou integrados, você pode ter controle diretamente do seu dispositivo, seja um smartphonetablet ou algum outro.

E, apesar de contar com aparatos tecnológicos de última geração, a automação residencial por si só não é exatamente uma grande novidade.

Ela já existe há muito tempo e costumava ser bastante utilizada para coisas simples como controle de iluminação, movimentação de cortinas/persianas, fechaduras automáticas, câmeras de segurança e climatização em geral.

85a

No entanto, de uns tempos para cá ela passou a ser usada também nos mais diversos aparelhos residenciais como:

  • sensores de fumaça;
  • medidores da qualidade do ar;
  • aspiradores de pó robôs;
  • espelhos inteligentes;
  • home theaters;
  • irrigação de plantas;
  • aquecimento de pisos, e muitos outros.

Esses aparelhos geralmente estão conectados à uma central e são comandados por meio de uma interface do usuário que funciona por meio de aplicativos, teclados, televisores, displays touch screen e vários outros.

Dessa forma, você pode fazer alterações no que desejar ou até mesmo programar ações desencadeadas por eventos externos, como horários específicos do dia ou mudanças de temperatura.

Como fazer uma automação residencial?

Fazer uma automatização em uma residência já pronta costuma depender da infraestrutura da casa, mas se você está planejando reformar ou construir um imóvel, as possibilidades de automatização podem aumentar ou diminuir de acordo com o seu projeto.

E aqui vão algumas etapas que podem te ajudar ao elaborar um projeto de automação residencial:

1. Antes de tudo, defina o que você quer integrar

Iluminação? Temperatura? Áudio? Câmeras? Pois, é a partir dessa informação que você fará o seu planejamento inicial.

2. Pesquise as possibilidades disponíveis no mercado

Entenda como elas funcionam e analise se estão de acordo com o seu orçamento e suas expectativas.

Hoje em dia há muito material disponível na internet e você também pode visitar exposições e showrooms sobre o tema.

3. Defina quais ambientes deseja automatizar

Quartos? Sala e cozinha? A casa inteira? Nem todos os cômodos são usados com a mesma frequência.

Por isso, na hora de planejar uma automação residencial como essa, é bom avaliar as reais necessidades de cada espaço da casa.

4. Converse com um profissional qualificado 

Durante a conversa, solicite um orçamento que contenha todos os materiais necessários para a realização do mesmo, evitando surpresas desagradáveis ou gastos imprevistos.

5. Avalie se o projeto

Confira se ele está de acordo com suas necessidades e expectativas e se está dentro do orçamento que você tem disponível.

Além disso, certifique-se de contratar uma empresa ou profissional de confiança para a instalação do seu sistema de automação.

Pois, o planejamento e o acompanhamento da obra é fundamental para que tudo saia conforme o esperado.

Após a conclusão da obra, programa os equipamentos de acordo com suas preferências.

Caso precise, conte com o auxílio da empresa responsável, a maioria delas costuma dispor de um bom suporte para ensinar como se utiliza os equipamentos instalados.

Quais as vantagens da automação residencial?

A proposta de uma automação residencial é agregar mais comodidade à vida do morador.

Gerenciar remotamente a sua casa acaba trazendo bastante praticidade à sua rotina e te possibilita criar a ambientação ideal a qualquer hora do dia.

Além disso, essa tendência ajuda no alcance de uma vida mais segura, prática e sustentável.

Conforto e comodidade

Sem precisar se locomover, você pode ter o controle do seu home theater, da iluminação, da TV e da temperatura dos cômodos.

Além disso, a automação residencial pode inclusive medir a qualidade do ar da sua casa.

Segurança

As câmeras inteligentes possibilitam que o dono do imóvel esteja sempre ciente do que acontece na sua casa, mesmo estando distante.

O mercado também dispõe de outros dispositivos como:

  • sensores de presença;
  • fechaduras inteligentes;
  • câmeras com reconhecimento facial;
  • alarmes integrados com empresas de segurança;
  • sensores de vazamento de água e fumaça;
  • e luzes para iluminar os arredores da casa.

Ainda é possível programar esses dispositivos para enviarem notificações ao identificarem movimentações adversas na casa.

Deixar a casa iluminada minutos antes da sua chegada e controlar ou liberar o acesso de todo o sistema para limitar o acesso da utilização do mesmo.

Outra vantagem nesse sentido é poder monitorar crianças e animais à distância e, inclusive, interagir com eles, por meio das câmeras instaladas pela casa.

O que acaba possibilitando agir mais rápido em caso de acidentes domésticos mesmo não estando presente no lugar.

Economia e sustentabilidade

Automatizar sua residência gera mais economia e sustentabilidade, já que você passa a controlar com mais precisão a água e energia por meio de:

  • medidores de consumo, 
  • desligamento automático de eletrodomésticos e luzes, 
  • controle de persianas que melhoram o aproveitamento da luz natural 
  • e sensores de vazamento de água.

E uma excelente forma de diminuir os custos com energia é adotar o uso de termostatos e lâmpadas inteligentes

Vale salientar que, além dessas, ainda há diversas possibilidades a serem exploradas em um projeto de automação residencial capazes de atender às mais diversas necessidades.

Conclusão

Apesar de haver bastante tecnologia envolvida nesses sistemas, a automação residencial não é algo tão futurístico quanto pode parecer.

Casas automatizadas já são realidade em muitos lugares do mundo e vêm ganhando bastante espaço na rotina das famílias, tornando-se cada vez mais populares.

Por isso, se você pensa em construir, comprar ou reformar um imóvel, comece a considerar essa possibilidade desde já.

Esperamos que esse material tenha sido útil e, caso tenha restado alguma dúvida sobre o assunto, entra em contato conosco.

Banners do Rock Convert copiar min 1
Compartilhe esse post
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Materiais Ricos

Posts relacionados