Projeto Sítio das Coleirinhas

Introdução

O projeto Sítio das Coleirinhas foi um dos maiores projetos já vendido no NCIV. Ele foi a execução dos projetos complementares (HEE) para o casal Débora e Rogério, que possuíam um lote em Cunha de 10.000m². Os clientes já estavam prontos para iniciar a construção do sonhos deles: uma casa para o casal, duas oficinas e 6 chalés para alugar como uma fonte de renda extra. Entretanto eles só possuíam o projeto arquitetônico, realizado pela própria moradora que é arquiteta. Assim, a Poli Júnior foi contatada para transformar a ideia de nossos clientes em uma solução personalizada de engenharia, por meio de um projeto complementar que contemplasse todas suas necessidades, tanto associadas ao tempo para início da execução, quanto relacionada às peculiaridades do terreno e da arquitetura.

O Problema

Conceber os projetos complementares (estrutural, elétrico e hidrossanitário) a partir da proposta arquitetônica contemplada no projeto legal. Além disso, efetuar entregas com alto nível de detalhamento.

A Solução Concepção e dimensionamento dos projetos estrutural, elétrico e hidrossanitário, a partir do estudo do projeto legal da residência, de modo a sustentar e complementar a arquitetura proposta, além da compatibilização desses projetos, de tal forma a prevenir e antecipar problemas de execução durante a obra.

Os Resultados Projeto dos portfólios complementares dimensionado de maneira assertiva e otimizada, representado em pranchas executivas com alto nível de detalhamento, seguido de memoriais descritivos com instruções gerais para execução e referência normativas, além de modelos 3D, na plataforma BIM, de cada projeto, permitindo melhor visualização e compreensão dos clientes e da equipe de execução da obra.

Cpia de LATERAL R01

Imagem do chalé

Stio prancha

Prancha do terreno

Hidro

Projeto hidrossanitário

Ele

Projeto elétrico