Projeto Guaxupé

Felippo Coviello, Marcelo Simoni, Sofia Guimarães e Thais Bortolotti

A Poli Júnior se uniu a JFPasqua, uma empresa no ramo de condutores elétricos. Foi uma experiência única e promissora para ambos os lados.

O Problema

A JFPasqua é uma empresa que atua no ramo de condutores elétricos. Seu processo produtivo transforma a sucata em fios de cobre. Porém, os fios estavam se rompendo durante o processo de trefilação, o que acarretava em desperdício na produção e má qualidade do produto final. Diante desse problema, a empresa decidiu buscar a Poli Júnior para identificar uma maneira de resolvê-lo.

Durante o projeto, foi feita uma visita técnica para conhecer melhor como era a produção dos fios de cobre. Além disso, nossa equipe contou com o auxílio de professores do Departamento de Materiais e Metalurgia da Escola Politécnica para fazer uma análise estrutural do fio, assim como diversos ensaios mecânicos a fim de verificar as propriedades físicas do material. Após esse estudo minucioso, foi detectado o problema e traçados os possíveis planos de ação para solucioná-lo.

A Solução

O projeto desenvolvido pela Poli Júnior ofereceu à JFPasqua um leque de planos de ação para resolver o problema de produtividade, e assim, aumentar a qualidade do produto, reduzindo custos por desperdícios no processo produtivo e ganhando competitividade no mercado de condutores elétricos.

Os Resultados

A JFPasqua se admirou com o nosso empenho e seguiu as ideias propostas, trabalhando em conjunto em todas elas.