Apesar da prática estar presente a mais de cem anos em solo nacional, tradicionalmente, o golfe não é um esporte de grande popularidade no Brasil. Devido a requerimentos, os quais envolvem investimentos significativos, como a possessão de diferentes tacos e a necessidade de um campo, este esporte teve baixo engajamento em um país com altos índices de pobreza.

Contudo, segundo dados da Confederação Brasileira de Golfe, o esporte vem ganhando destaque, possivelmente pelas melhorias nas condições financeiras e acesso à informação da população brasileira. Outro fator influente neste crescimento seriam as baixas exigências físicas para a sua prática, o que o torna mais popular entre a classe idosa, também crescente no Brasil.

Embora já existam cerca de 120 campos de golfe em todo o território nacional, grande parte se encontra em regiões isoladas, distantes das grandes cidades, por conta da necessidade de enormes áreas gramadas. Logicamente, por ser um esporte mais praticado pelas classes média e alta, tais clubes de golfe também estão localizados distante de seus jogadores.

Vendo essa situação, o cliente do projeto, entrou em contato com a Poli Júnior, trazendo uma proposta de uma plataforma para treino de putting, tacadas leves e precisas de curto alcance no esporte. Este equipamento seria relativamente pequeno, sendo possível a instalação em áreas internas de uma casa ou de um clube, e a princípio teria uma única funcionalidade de controle de sua inclinação, simulando as inconsistências de um solo real em um campo de golfe.

O projeto teve uma duração de 7 semanas, no qual foram feitas uma pesquisa de viabilidade técnica e uma concepção básica de como seria o produto final, contendo orçamentos e modelagens. Após validação das ideias com docentes das áreas de mecânica e mecatrônica, chegamos em um equipamento, que verificava duas premissas principais estabelecidas pelo próprio cliente: redução de custos em relação a soluções similares presentes no mercado exterior e fabricação no Brasil.

carta-de-serviços-do-nmec

Ferramentas Utilizadas

Outros Cases