Plataforma de Golfe

Luiz Filipe e William Castro

A Poli Júnior trabalhou com uma empresa que atua diretamente no ramo esportivo, mais especificamente, o golfe. Um esporte que está em constante crescimento de acordo com a Confederação Brasileira de Golfe, se tornando mais acessível para as diferentes classes sociais.

O Problema

O cliente do projeto, entrou em contato com a Poli Júnior, trazendo uma proposta de uma plataforma para treino de putting, tacadas leves e precisas de curto alcance no esporte. Este equipamento seria relativamente pequeno, sendo possível a instalação em áreas internas de uma casa ou de um clube, e a princípio teria uma única funcionalidade de controle de sua inclinação, simulando as inconsistências de um solo real em um campo de golfe.

A Solução

O projeto teve uma duração de 7 semanas, no qual foram feitas uma pesquisa de viabilidade técnica e uma concepção básica de como seria o produto final, contendo orçamentos e modelagens. Após validação das ideias com docentes das áreas de mecânica e mecatrônica, chegamos a um equipamento, que verificava duas premissas principais estabelecidas pelo próprio cliente: redução de custos em relação a soluções similares presentes no mercado exterior e fabricação no Brasil.

Os Resultados

O cliente ficou extremamente satisfeito com a solução proposta, atribuindo as nossas ideias e ficando presente durante todo o processo de idealização e sugestão. Conseguimos suprir a necessidade dele e ao mesmo tempo, aprimorar as grandes dificuldades que o cliente estava tendo.

carta-de-serviços-do-nmec